PALAVRA DO PRESIDENTE
Carlos Alberto de Freitas

CAMPANHA SALARIAL - REFEIÇÕES COLETIVAS: Diante de um cenário ruim, obtivemos êxito

A campanha Salarial de 2018 pode ser considerada uma das mais difíceis que já negociamos.

Reforma Trabalhista, baixa inflação e a situação econômica e política caótica do país contribuíram para construir um cenário desfavorável à classe trabalhadora e muito favorável às empresas.

A Reforma Trabalhista veio para tirar direitos dos trabalhadores e, diante disso, lutamos com muita força e seriedade para manter importantes e fundamentais conquistas da nossa categoria, como plano de saúde, cesta básica e auxílio alimentação. Por outro lado tínhamos outro inimigo: a baixa inflação.

Os índices muito baixos foram determinantes para que o reajuste não atingisse o que desejávamos, porém, ainda assim, conseguimos um reajuste acima da inflação com ganho real para, que diante da média dos acordos coletivos de outras categorias, todos abaixo de 2,8%, podemos considerar o saldo positivo.

O empenho e dedicação nas negociações foram fundamentais para conseguirmos esses resultados, demonstrando assim nossa força. Parabéns a todos os envolvidos e principalmente a categoria.

Teremos agora novas negociações envolvendo o segmento de refeição escolar, cuja data base é 01 de agosto.

Esperamos de todos novamente um resultado positivo.

Seguimos lutando!

 

 

Carlos Alberto Freitas

Presidente da Fetercesp

enviar comentário

Comentários

Nenhum comentário registrado.